segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Debaixo da roupa



Nós, mulheres, em nossas vidas, como qualquer outro ser, não estamos isentas de erros. Mas há erros que cometemos e que muitas vezes nos custam... tudo! Desconheço os reais motivos, mas, quando passamos a ter uma relação estável ou casamos, temos a tendência de deixar tudo despencar e, a nossa maior inimiga, monotomia, se instala.

Muitos dizem que com o casamento nos desleixamos, engordamos e só temos olhos postos nos filhos, sobretudo logo após o seu nascimento. Pode até ser, como também não, mas essas mudanças são vistas como portas de entrada (ou de saída?) para que “outras” mulheres tomem o lugar que nos pertence.

Há momentos em que o prato preferido deixa de ser apreciado com o mesmo deleite, mesmo se a cada cozinhado você capriche mais. Quando o tempero passa a ser automáticamente reconhecido, as sirenes do alarme começaram a tocar e é tempo de fazer o seu “mais-que-tudo” ter predileção por outra comida, no mesmo prato, claro!

Os homens sentem uma atração especial pelas roupas íntimas, soutien e calcinha, e ainda que pareça que não, eles reparam nas que são utilizadas por suas parceiras. Lingeries mexem com a cabeça dos homens e são uma arma poderosa na sedução, mas desconhecendo este facto, muitas mulheres reclamam que seus parceiros não notam sequer a lingerie que colocam “pensando nele”.

Como se viu em O soutien, os homens demonstraram que não prestam atenção à peça, como um simples soutien, pois eles só vêm o conjunto. O que realmente eles percebem, do nosso esforço, é se o conjunto está harmonioso ou não, se as peças caem bem e principalmente se valorizam os pontos fortes, mas dificilmente reparam na subtileza como a renda, os bordados e adereços estão incorporados.

O que devemos saber, de uma vez por todas, é que o homem é um ser visual e o seu cérebro precisa de variações, então nada melhor do que um arsenal completo e variado de lingeries, desde as mais comportadas em cores claras, até as mais ousadas e diferentes, passando por vários tons, transformando você mulher em várias vasikate.

Aliás, um dos momentos mais excitantes, no relacionamento a dois, para ambos, é quando o homem despe a mulher ou esta despe-se sozinha, tanto faz, num inocente ou malicioso striptease caseiro, para revelar uma nova identidade: a que só ele tem o privilégio de ver, excepto claro, a que é deixada à vista por via dos txuna-babies.

Muitas mulheres não dão atenção às peças íntimas que usam no dia a dia, mesmo quando estão sozinhas e colocam peças que não combinam ou lingeries velhas que não valorizam seus pontos fortes preferindo esperar um encontro intimo para caprichar no visual íntimo.

Mulheres que têm um relacionamento estável, não se importam mais com as roupas de baixo, usam qualquer coisa de qualquer jeito, algo que até é confortável, mas esses erros que devem ser corrigidos ou evitados.

Usar lingerie bonita, variadas e a bom preço, no dia-a-dia, faz muito bem a auto-estima. Não há nada pior do que se olhar no espelho e ver uma figura nada atraente e pouco harmoniosa. Aprenda a usar lingeries bonitas por você, porque você merece o melhor. Portanto, declare guerra a tudo que a faz se sentir feia, ou seja, que desvalorize você.

Lingerie sexy, não se resume apenas as clássicas cores preto e vermelho, e ao modelo "Fio dental". O modelo sensual é aquele que valoriza suas formas físicas (escondem o que desagrada você e valorizam o que você gosta no seu corpo). As mulheres têm corpos diferentes e por isso, devem usar peças que mais combinam com seu tipo físico.

Capriche também na hora de dormir. Use tecidos agradáveis ao toque. Você precisa se sentir bem e bonita, mesmo que durma sozinha. Esta cuidado permitira que da próxima vez que for a comprar lingerie, escolha aquela que a fará sentir -se poderosa, portanto escolha por você e para você.

E quando ganhar uma lingerie de seu companheiro, não atroque. O facto dele lhe dar uma peça íntima significa que ele quer vê-la usando essa peça. Aproveite a deixa e transforme seu guarda-roupa íntimo em um lugar cheio de variedade e ousadia. E, olhe, o nu também é uma irresistivel lingerie...

25 comentários:

Nyabetse, Tatinguwaku disse...

Amén, Vasikate! Concordo plemanente!
A unica adenda que eu tenho é de referir que os gostos se aprendem. Ou seja, cada uma de nós é desafiada a conhecer o seu corpo, e experimentar com roupas, cortes, lingerie, maquiagem, etc, para descobrir oque enfatiza os nossos pontos fortes, realcando a nossa beleza.

Anónimo disse...

Interessante, amiga! Concordo contigo... Acho que a lingerie é uma arma muito importante no jogo da sedução. Eles podem até dizer que não reparam, mas claro que não são assim tão ceguinhos, e gostam muito de ver uma mulher com uma lingerie provocadora e com cores garridas . A maioria tem uma fixação por 'fio dental'. Um grande xi para ti. Glória

X!mb!t@nE disse...

Ops, obrigada pela adenda, Nyabe. Mulheres: tomem nota!

X!mb!t@nE disse...

Ola, mana Gloria! Ainda bem que concordas comigo, essa fixaçao pelo fio de dentes, deve ser porque os homens nao usam o fio dental, obviamente para limpar os dentes, e por isso nao sabem dos sacrificios que esse grande gesto pode implicar "entre dentes".

Beijocas, bom te ver por aqui

amosse macamo disse...

ha ha ha ha ha nwine pa "sacrificio entre dentes"....
se o nu pode ser uma arma irresistivel?terrivelmente irresistivel...mas que se diga que se a arte de despir 'e agradavel, deve se tambem dizer que devemos despir algo que se segure. sou contra a rotina e o sedentarismo, por isso, tenho sido companheiro da minha mulher, chamando-a sempre a atencao quando me apercebo que ela relaxa. e sou eu, o primeiro a mostrar na montra quando vejo uma peca ousada e que acho que pode encaixar bem no seu corpo e nos nossos jogos.
uso por acaso o fio dental(o dos dentes), por isso mesmo, nao tenho fixacao, ate gosto de ver as mulheres de boxers por exemplo...por falar nisso, lembro de ouvir a minha mae,a criticar as minhas irmas:wene com essa sua cal...furada, no dia ungata biwa hi mova...ka ka ka ka ka ka nao «e que amei o tema...volto

Chacate Joaquim disse...

Vasikate
A Massungakati, autenticas anciãs, esta é uma verdadeira escola Feminina.

Mas Ximbita, o que se diz quando a mulher vai casar em forma de ku laya afinal? eu acho que são essas armas que deviam ser dadas a mulher para o combate `a vida adois ném? Bjs

Yndongah disse...

Pois eh querida, calcinhas e soutiens deixaram de ser simples acessorios para se tornar uma questao de estilo, prova disso sao as constantes inovacoes.

Independentemente do momento ou compahia toda mulher deve se sentir bem vestida por baixo, e nao precisa ter um fio dental,dependendo do corpo as boxers e porque não as calçolas podem moldar as formas e deixar a mulher bem sexy. Bjos

Júlio Mutisse disse...

Novo ano VELHA contundencia na abordagem. Este ano promete. Quem me dera que a "audiencia" deste espaco cobrisse pelo menos 90% das mulheres mocambicanas... teriamos 60% dos homens + felizes hehehehehe. Ja fiz o print vou levar para casa e para a casa dos meus amigos ehehehehehehe.

Bom ano a todos. Estou de volta a blogosfera.

X!mb!t@nE disse...

Hawena, Amosse, ainda bem que usas fio para dentes mas, "entre dentes" dum homem também é agradavel de se ver. E se for de cetim, huuuu... As vasikate nao se preocupam apenas com a centimetridade do dedão, plagiando a Yndoh, unha tambem conta, hehehe

X!mb!t@nE disse...

Chacate, massungukatis só na mente e nas acções porque rondamos na calibragem 3.0, tao novas quanto atrevidas.

No kulayamento és-nos dito que devemos nos comportar como servis bestas. Umas autênticas "tabula rasa" que se moldam ao gosto do marceneiro, resultado é que muitas vivem séculos sem conhecer o orgasmo (venho a isso daqui a pouco).

As amizades e/ou irmãs mais esclarecidas (algumas malandras) é que salvam a honra do convento no chá de panela. Mas, hoje em dia, tendo em conta que o fruto proibido se come verde e com sal...

X!mb!t@nE disse...

Tens toda razao, Yndo, variedade e exclusividade devem ser o forte da mulher para alimentar o seu ego e as fazer sentir sexy's. É por isso que adoro a lingerie pele a sós e... sozinha!

X!mb!t@nE disse...

Bom te ver, Muthisse, ja estavamos a equacionar (eu e Yndoh) fazer uso do SOS Sms para ter noticias tuas. Para além do print, devias dar o link do blog a Madame Muthisse e as Mesdames amigos e Cia. Welcome!

Bayano Valy disse...

olá,
interessante. há que dois ou três elementos com os quais discordo. porquê é que a cozinha é apenas da mulher? porquê é que deve ser apenas a mulher a esforçar-se (falamos da barrigas de cerveja da outra vez)? porquê é que continua-se a dizer que o homem é visual? quando olhas em volta de ti não vês homens que se apaixonam pela inteligência da mulher? desproposotado eu dizer que isso é intangível.
bjinhos

Chacate Joaquim disse...

Xim! por algum engano vi uma foto de uma dos elento das Vasikate, daí passei a ter ideia da turbinangem hehehe... falando sério estam a dar muito contributo para a estabilidade familiar. Bjs

X!mb!t@nE disse...

Discordas, Bayano? Tens todo o direito! Essa da cozinha não entendi. Não deve ser apenas a mulher a preocupar-se com a questao, os parceiros em conjunto ou individualmente o devem fazer, sejam homens ou... mulheres.

Creio que já se deu uns puxões de orelhas aos homens, tanto mais que até o Amosse seguiu a dica. Agora é a vez das mulheres e os homens, como o Muthisse, podem alertar as contrapartes lá em casa. Sei que o Bayas não tem a quem mandar uns prints, segundo o próprio ou, no novo ano, as coisas já mudaram?

X!mb!t@nE disse...

Viste uma imagem das Vsk, Chacate? Humm, estranho isso! Se queres saber essa da turbinagem, pergunta como deve ser

amosse macamo disse...

Ximbitane, nao creio que se ensine servilismo besta no kulayamento. na verdade, la se transmite o que sempre foi, 'e a visao daquelas senhoras, que passa de geracao em geracao. ora, aquilo era muita informacao se recuarmos naquele contexto historico. ora hoje as coisas mudaram, dai que tenhas outra opiniao sobre a coisa. acredite porem, que suas netas, vao olhar para seus ensinamentos um dia~, como os que servem o merceneiro.
o que 'e certo, 'e que no kulayamento quem vai, deve selecionar o util e unutil sem questionar, porque quem laya nunca fez doutra forma.

Bayano Valy disse...

olá,
levantei a questão da cozinha no sentido de que não deve ser apenas a mulher a frequentá-la. acho que devem ser os dois. continuo bem solteirão lol

X!mb!t@nE disse...

Lamento discordar contigo, Amosse, mas ensinam sim. Se dizes que se deve triar o util e o inutil, não estaremos a ir pelo mesmo caminho? Longe de mim desvalorizar o kulaya, que é uma lição de vida, mas algumas coisas do que se é ensinado deve ser actualizado ao conjuntura que vivemo, sobretudo b«no capitulo da sexualidade.

Diz-se, por exemplo, que as mulheres não devem usar nenhum anticonceptivo pois os filhos são garante do casamento logo no seu inicio. Essa ideia é correcta? Ainda assim, sou a favor dessa cerimonia e ultimamente, apesar da minha modesta turbinagem, faço questão de participar para dar o meu contributo.

X!mb!t@nE disse...

Solteiro e orgulhoso de o ser, não é Bayano? Que bom! Pessoalmente acho que todos os cantos da casa sao para ser divididos, em toda a sua plenitude pelos dois, tarefas incluidas.

amosse macamo disse...

Ximbitane, 'e normal e saudavel que discordes comigo,contudo, chamava a atencao, para a questao dos contextos sociais. ainda bem que ja participas nos kulayamento, para dares o refreshment as ideias "antigas."

Avid disse...

Yap..concordo com o que escreveste miga. Axo que os comentarios tambem falam tudo o que eu nao precisei dizer.
Bjs meus

X!mb!t@nE disse...

Participo sim, Amosse, nem aceito que me chamem de "miuda". As minhas irmas que o digam: vou-lhes a cara nua e cruamente, sem ilusoes

X!mb!t@nE disse...

Otos bjux, kida

Blogger disse...

I've just downloaded iStripper, and now I enjoy having the hottest virtual strippers on my taskbar.