domingo, 27 de setembro de 2009

Drink perigoso


Há erros que cometemos sem ter a noção de que o estamos a fazer. Na verdade, temos a mania de copiar ou de aderir a tudo que é novo com extrema passividade: apesar de termos acesso as TIC’s, ninguém questiona, ninguém pelo lê os rótulos ou tenta perceber o que entrou na moda! Está na moda, pronto aderimos a moda.

Por exemplo, quando o mais-que-tudo chega a casa, para relaxar do stress que foi o dia laboral, é normal preparar-lhe um drink, se é que ele não o faz sozinho. Assim, serve-se um whisky com gelo ou com soda, um gin com tónica, etc. Por vezes, o cocktail são uns centilitros de alcool com outros tantos de uma bebida energizante ou enérgica.

Por vezes, mesmo não sendo em casa, porque o bebun está com uma tremenda ressaca, e não pretende ser alvo de vigorosas críticas à entrada de casa, abastece-se ele mesmo dessas bebidas que devem dar energia seguindo à risca o que a publicidade vende como algo que revigora até um morto.

Grande erro: alcool e energizantes não devem ser consumidos em simultâneo! Os energizantes foram criados, como se devia perceber, pela própria designação, para dar energia, o que acelera o ritmo cardíaco e pode provocar um enfarte fulminante. Assim, estes devem ser consumidos tendo em perspectiva a execução de uma actividade física.

Aliás, quando se consome alcool e energizantes, ao mesmo tempo, o oganismo fica confuso pois estes produtos tem funções distintas: um visa estimular e o outro visa inibir o organismo. Esse choque pode, portanto, ser fatal.

2 comentários:

Maria Helena disse...

Como gosto muito de ler assuntos relacionados com a saúde e medicina, já sabia que é altamente perigoso ingerir-se alcoól e uma bebida energética ao mesmo tempo, ou misturar-se ambos, isso pode mesmo resultar num ataque cardíaco que nos leva desta para melhor. Já falei sobre este assunto com os meus filhos e seus amigos, pois gostam de praticar exercício físico, outros até competem a nível inter-escolar e ingerem estas bebidas energéticas e desconheciam que havia qualquer interferência.

Egídio Vaz disse...

Gostava tanto que este post fosse lido por uma amiga minha que por tudo e por nada pede um "red bull"sempre que me disponibilizo a pagá-la uma bebida. Mais de mil vezes já lhe disse isso. A próxima só será no seu velório.
Abraços e irei encaminahar.