domingo, 30 de novembro de 2008

Retrospectiva de Novembro



Parece que se tornou moda, mas é pura coincidência, uma vez mais tivemos motivos para fazer mais um balanço com lembranças de alegria: no dia 15 de Novembro, Yndongah, celebrou mais um aniversário natalicio. Para sua surpresa, foi agraciada com inúmeros votos de longa vida dos amigos do Vasikate e, estranhamente, nenhum perguntou quantos anos ela fazia!

Ainda nesse mês, a Avid, que à sua entrada, na banda das Vasikate, já tinha levantado poeira e aguçado vorazes apetites, confessou-se “n’sikate doidinha” tendo-nos brindado com posts ligths, cheios de humor e muito reflexivos, isto se comparado ao seu habitual cardápio picante nos Momentos de Vida.

Acima de tudo tiveram lugar, em Novembro, acesas discussões sobre assuntos que, curiosamente, são menosprezados em momentos quentes talvez porque se são usados habilmente escondidos de olhares públicos: o soutien e o preservativo feminino que nos fizeram conhecer um novo amigo, o Emidio Gune.

Quando parecia que o mês ia acabar tranquilo, eis que a aniversariente de fresco nos sacode com um post com teor delicado, para muitas mulheres e suas familias, e que nos deu a conhecer experiências pós-parto sendo que a da Nini, uma n’sikate que esperamos que tenha vindo para ficar (fica sim, é xibalo!) e da n’sikate doidinha, carimbaram a pertinência do tema.

Eis-nos pois no inicio da última curva do ano, que esperamos que seja gloriosa para nós vasikate, nossos amigos e visitantes.

4 comentários:

Chacate Joaquim disse...

Vasikate fazem bom balanço do mês! é difícil atingir 100% de eficácia. Força meninas.

Bjsss.

Nini disse...

Huumm, Vasikate obrigado pelo carinho. Acredito que vi pra ficar.
Beijocas pra as Vasikate, continuem assim amaveis e boas postagens.
Força Vasikate admiro-vos bastante.

X!mb!t@nE disse...

100%? Que ideia, CJ. As pequenas conquistas fazem de nos gloriosas vencedoras. Os numeros, esses, nao contam!

X!mb!t@nE disse...

Nini, é merecido, querida! E, conforme o post, és obrigada a estar ou nao és uma n'sikate!