quinta-feira, 5 de março de 2009

Incompreendidas!


Face ao homem, se a mulher...

· Se insinua, é atirada mas se fica na dela, é dificil e grande dissimulada.
· Se fala mais alto do que ele, é uma descontrolada, baixa e mal-criada. Se faz o contrário, é uma pateta subserviente
· Se faz uma cena de ciúmes, é uma neurótica. Se fica impávida e serena no que devia ser uma discussão acirrada com outra mulher sobre ele, não sabe defender o seu amor
· Se aceita transar no inicio da relação, é mulher fácil e decerto quer tirar beneficios disso e se não o faz, está fazendo doce e a queimar time
· Se aceita tudo na cama, é vagabunda q.b., se não aceita, é cheia de frescura
· Se impõe limites na relação, é autoritária mas se concorda com tudo que ele diz, é uma tonta sem opinião
· Se se aborrece com certas atitudes dele é uma mulher dominadora. Se fica apática, é submissa demais
· Se gosta de televisão é uma fútil que vive de ilusões das novelas ou então as usa como escola de línguas, se gosta de ler, está dando uma de intelectual
· Se batalha, estudando e trabalhando, é ambiciosa mas se não está nem ai é preguiçosa demais e dependente ao extremo
· Se sai cedo do trabalho é folgada, se sai tarde está dando para o chefe. E se faz horas extraordinárias? É ganaciosa e como se não bastasse ainda dá para o chefe!
· E quanto ao salário? Se ganha menos que o homem, quer ser sustentada toda vida, se ganha mais quer humilhá-lo e não ajudá-lo e juntos crescerem.
· Se tem opinião sobre assuntos de mulher, politica e economia, é feminista e se não liga a esses assuntos, é uma pobre alienada pelas novelas
· Se corre para matar uma barata, não é feminina e se foge da barata, é medrosa
· Se adora roupas, maquilhagem, acessórios é uma vaidosa narcisista cliente assídua da Loja das Damas, se não gosta é desleixada pé de chinelo que sacode no dumba
· Se quer ter 5 filhos, é uma louca inconsequente com ideias ultrapassadas, se quer ter só um, é uma egoista sem senso maternal...

Falem sério! E depois dizem que as mulheres são complicadas e que não as entendem! Incompreendidas, isso sim!

Animaçao daqui

12 comentários:

Júlio S. disse...

Em tudo há pois que encontrar um meio termo. Esse é o desafio que se vos coloca como mulheres.

Mutisse

SHIRANGANO disse...

Eix..!Antes eu dizia que unica maneira de compreender as mulheres é não compreende-las, agora depois deste post, mudei de opinião...na verdade dificil de compreender são os homens. eish.Afinal que tipo de mulheres queremos?

amosse macamo disse...

dificil perceber o Homem, as vossas incompreensoes sao tambem nossas, acreditem. de facto se alguem que nao eh compreendido neste mundo eh o pobre homem, ha doce e pobrezinho homem entregue as mulheres que nuca sabem o que querem dele.....

Nelson disse...

Nao compreendo as mulheres nem os homens. Nao sou compreendido pelas mulheres nem pelos homens. Nem a mim mesmo me compreendo. SOU HUMANO

Bayano Valy disse...

caras e caros,

problemático a maneira como as premissas que levam à conclusão (incompreendida) são colocadas. bem, são conclusões em forma de frases condicionais que se parecem com argumentos. há um dilema de bifurcação de ou isto ou aquilo - uma falácia.

Jonathan McCharty disse...

Esse negocio de "incompreensao" muitas vezes nao difere de "falta de dialogo"! Ha' diferencas? Sempre havera'! Entao e' preciso debater, discutir, gritar se necessario! Quando existe proposito e um cometimento "comum" em encontrar consensos, discutir os assuntos com honestidade e franqueza e' um remedio tiro-queda! Agora, se tudo se resume ao "proprio umbigo", entao nao haja duvidas que o prato do dia sera' esse mesmo..."incompreensao"!

Nyabetse, Tatinguwaku disse...

Incompreendidas sim! rsrs

Chacate Joaquim disse...

Xim, acho que em tudo que colocas condicionalmente a conclusão é tirada proporcionalmente à dose. portanto no fundo tudo oque nos coloca precisamos na mulher mas dentro de pesos e medidas pelo homem consumível porque o contrário leva-nos a outras conclusões.Bjs

X!mb!t@nE disse...

Minha gente, falem sério!

"E depois dizem que as mulheres são complicadas e que não as entendem!" Incompreendidas, sao, nao eh?

Yndongah disse...

Oh Julio, porque eh que o desafio se coloca apenas as mulheres?

Júlio Mutisse disse...

Yndo, o post nos coloca os dilemas das mulheres em termos de postura, comportamento etc. Então é as "dilemadas" que o desafio se coloca em larga medida: saber estar e ser.

É verdade que o homem também não pode querer tudo (uma mulher submissa/autoritária); é impossível. Mas o impulso maior, moldador é das próprias mulheres. O homem seria meramente passivo nisto. Usufruidor...

Yndongah disse...

Oh Juristilista,
Receio que tenhas percebido mal o post, sinceramente o que me parece é uma chamada de atenção as conclusões que alguns homens tiram em relação a certos comportamentos femininos. Acha mesmo o amigo Julio que se um homem confunde uma ousadia com vulgaridade a “dilemada” é ela?
Sabes, preocupa-me muito a facilidade com que muitos homens chegam a conclusões do tipo “...vocês são as dilemadas e por isso o desafio é vosso, os homens só usufruem...”.

Não estou a branquear as mulheres, mas hii “wa bindza ntsualu”...
Vamo-lá meninos, dispam o preconceito, gurardem as 4 pedras que têm nas mãos e respondam a Xim, e a mim todas interessadas , somos incompreendidas ou não???