segunda-feira, 16 de março de 2009

Paulito, Paulo ou Paulão?


Há factos que confundem a perversa mente humana. Muitas mulheres lamentam a pouca vergonha que é a nudez exposta na rua, quer pelas próprias mulheres, como pelos aflitos regadores das acácias. Um dos exemplos vivos da incredulidade e desalento da ala feminina, é o facto de os dementes, que se apresentam nus ou semi-despidos, serem dotados de orgãos divinos e não raras vezes se ouve o desabafo “se fosse o de lá de casa”!

Tal como acontece com os homens, que avaliam na potencial parceira, o tamanho dos seios, o contorno das coxas, o arco da bunda, as mulheres também avaliam alguns aspectos para “aceitarem” um pretendente como seu parceiro. Para além do porte fisico, da beleza, do charme, da voz e do tipo de conversa, os vestigios financeiros contam bastante: verdade seja dita, hoje, mola, carro, casa, fazem parte dos top’s no CV!

Digam o que disserem, a genitália masculina, é motivo de preocupação das mulheres e um um rápido, imperceptivel e avaliador olhar é dirigido as partes baixas do pretendente. Sabido que em conversas corriqueiras, entre os pretendentes, a “máquina” está com o motor desligado, um simples e analitíco olhar feminino não basta: há necessidade de procurar outras pistas para avaliar a geometria do que garantirá satisfação futura e eterna.

Um olhar ao formato do polegar, de preferência do pé, diz-se que costuma trazer indicíos reveladores. Há quem diga que homens com olhos estrábicos, na máquina, estão com tudo. Tal como na mulher, conta também a avaliação do porte físico: se é alto, diz-se que “a coisa” tem tendência a encolher e ser fina, se é obeso, idem, mas é um bocad(inh)o grosso. Enfim, mitos sem fundamento científico e real.

Por essas e outras razões míticas, mulheres há que não abdicam do “negrão”, já que as línguas lascívas dizem que tais individuos são os mais dotados de todas as raças, o que pode não corresponder a verdade. Também duros na queda, por conta da natureza que não foi justa, os homens tudo fazem para não “pecarem” na hora da oração e de joelhos procuram compensar seus “pecados” longamente e com fervor.

A questão é polémica, mas real e, assim sendo, sejamos francos: as mulheres preocupam-se ou não com o tamanho do membro do seu homem? O Paulão é ou não mais prazeiroso do que o Paulito? Qual é, na verdade, a preferência feminina? Paulito, Paulo ou Paulão? Breve, a grande questão é: “tamanho é ou não documento”? A mulherada, em confissão no fórum feminino, assim o assegura. Porque assim será?

Na hora do “vamos lá ver” o que realmente conta? Calibre ou performance? Mulheres 4.0 – 4.5, asseveram que no momento da escolha de seus parceiros não tiveram em conta esse parâmetro, aliás, como elas mesmas sublinham, foram “escolhidas”. Para a mulher da actualidade, na faixa dos 3.0 – 3.5, exceptuando as que estão de olho na mola, esse parâmetro é “o parâmetro”, ainda que as deixe mutiladas no dia seguinte.

Nisso tudo, o mais engraçado é que na arte antiga grega “achava-se que um pênis pequeno e não-circuncisado era mais desejado nos homens, ao passo que um pênis grande ou circuncisado era visto como cômico e considerado, tempos depois, uma "bestialidade" ou "animalidade". Tempos! No final de contas, não iremos baixar as calças a ninguém pois, uma agulha sempre costura um casaco...

Paulito daqui

34 comentários:

Jorge Saiete disse...

hehehe xim, não é que a agulha cose mesmo o casaco e com perfeição? A escolha é vossa, se paulito, paulo ou paulão mas para nós, interessa a performance. abraço

Júlio Mutisse disse...

O que é que garante a satisfação: o Paulo, O Paulito e/ou o Paulão ou o que se faz com ele?



Deve mesmo o tamanho ser preocupação ou o potencial de poder de uso e domínio desse instrumento é que deve constituir preocupação?



Hehehe, estou a imaginar as caras das meninas a lerem estes posts hehehe. Ainda bem que este assunto não foi abordado no dia 28, teriamos corrido o risco de "um rápido, imperceptivel e avaliador olhar é dirigido as partes baixas" no caso dos presentes do sexo masculino hehehehe.

SHIRANGANO disse...

Eix!!! Yuuuu..Mamanooo...!
As mulheres estão mais preocupadas com o tamanho, creio eu. A performance é algo que qualquer homem pode ter com ajuda de alguns produtos ginseng.
Essa história de dizer que não importa o tamanho é pura mentira. Isso é conversa de psicologo para não caires numa profunda depressão.
Em tempos já ouvi mulheres dizerem: “você é criança só vais me dar cócegas”. Isso é uma clara evidência de que elas não queriam saber de instrumentos pequenos.

Nini disse...

Eca! As vasikate sempre a surpreender-me.
Calibre ou performance? Deve-se aliar o tamanho e a performance.

Ja agora vou prestar a devida atenção a esses dois factores ignorados pelo meu subconsciente!

Bayano Valy disse...

pau, paulito, paulo ou paulão, eis a questão. não sei se faz diferença para o homem. deve fazer porque conheço alguns homens que não param de admirar o dito cujo dos outros nos balneários, ou talvez porque tenham "amatendência". pessoalmente, acho que o meu júnior assenta-me que nem uma luva. o resto cabe as meninas. hehehe. pensei que a avid fosse a mais ousada das três, mas me parece que a xim não lhe fica atrás.

Nyikiwa disse...

Hahahahha.. Mutisse, corriam serios riscos no dia 28, brincadeira! Acho que se e paulito, paulo ou paulao que da prazer, tem a ver com aquilo que a pessoa (mulher) idealiza como homem e como prazer. Umas ha que preferem penis grandes, medios e ate pequenos, desde que ela se sinta satisfeita. A ideia de que os homens que teem penis maiores e que satisfazem as mulheres advem na minha optica de um efeito placebo.

X!mb!t@nE disse...

Deveras, Saiete? Nao se preocupam nem um tiquinho com o size? Jura la!!!

X!mb!t@nE disse...

Ah, as questoes deixa para nos, Muthisse! Responde, nada de fugas ao risco. Next time levamos uma reguita... Ahahahahahah

Falando serio, pena que o assunto nao tenha sido abordado no memoravel 20/02. E a questao mantem-se: Paulito, Paulo ou Paulao?

X!mb!t@nE disse...

Shir, nao acredito que o ginseng faça esse milagre, mas, bom, enfim, se o dizes, quem sou eu para duvidar?

Os homens estao a defender muito a questao da performance, o que é aceitavel. Mas a tal performance de que falam é so entra e sai, sai e entra?

Ah, tenham do!!! Eh por essas e outras que as mulheres preferem o Paulao, ao menos nao ficam com cocegas, como bem dizes!!!

X!mb!t@nE disse...

Nini, nao nos arranjes problemas!!! Sao apenas questionamentos pah, ve-la o que fazes.

X!mb!t@nE disse...

Oh, Bayano, que é isso cara? Sao questoes legitimas da ala feminina, apenas faço eco delas, mas tamnbém venhamos e convenhamos: pau (acrescentado por ti), paulito, paulo ou paulao, qual é a predilecçao (masculina e feminina, chamaste-me agora atençao)?

X!mb!t@nE disse...

Irma, o que importa mesmo a realizaçao dos dois, mas se o tipo nao for bafejado pela sorte peniana e nem sequer for performante, madlaya nhoca vai funcionar, ah se vai

Yndongah disse...

Paulito Paulo ou Paulão, boa pergunta essa, penso que a resposta varia de mulher para mulher.
Pelo que vejo aqui, são unanimes em relação a performance, as habilidades que o homem tem em satisfazer a companheira. Espero que os” vavana” saibam exactamente o que estão a dizer, pois ha muitos que acham que basta ter um paulão generoso, são verdadeiras fontes de prazer só por si. Nem sempre isso eh verdade, a nossa ”passarinha” mede cerca de 10 a 12cm de profundidade e sente maior prazer nos primeiros centimetros, logo, ter um paulão quase a tocar o colo do utero torna-se bastante desconfortavel, aqui as habilidades são mesmo chamadas.
Irmã, não sei se há algo que se possa fazer em relação ao paulito, como mesmo disseste só apelando aos madlaya nhoca rsrs. O ideial eh um Paulo nem mais pra lá nem mais pra cá!

amosse macamo disse...

ka ka ka ka ka ka ka amiga Ximbitane, adorei a forma como brincaste com algumas verdades, ka ka ka ka ka ka volto

Júlio Mutisse disse...

Não há nenhuma fuga no meu coment Xim. Acho apenas irrelevante a questão de Paulo, Paulito ou Paulão. pode se ter um Paulão (não é o meu caso) e não satisfazer ninguém porque não o uso correctamente (esta é a questão fundamental para mim).

Portanto querida,a genitália masculina que é motivo de preocupação das mulheres não o deve ser fundamentalmente quanto ao tamanho mas sim, o que pode o Paulo ou o Paulão (é que acho o Paulito um defeito) fazer dentro dos conceitos prazeirais (esta palavra é minha se a não tiverem visto noutro lado) que cada uma de vocês define para si.

Tamanho pode ser documento falso...

Matsinhe disse...

Hey Mutisse makwero, sabes bem que o tamanho é valorizado; mesmo para nós homens há uma preocupação com o assunto.

Mas isso é, na verdade, numa fase da vida; naquela fase de descobertas em que pensamos muita besteira sobre o acto sexual: depois disso a preocupação é, como dizes, com a performance tenha-se uma Anaconda, uma giboia ou uma minhoca como instrumento...

GM

PS: parece que este post está com tudo a ver: a palavra de verificação abaixo é, nada mais nada menos que: PErNIS

Anónimo disse...

Mutisse, nao fale muito, tens certeza que ja nao te tiraram as medidas no dia 28? Ha ha ha. Agora Xim, vamos la ai considerando que quando excitada a 'passarinha' (cada dia novas palavras no dicionario) chega aos 16-17 cm de profundidade, o que seria um Paulito Paulo, ou um Paulao? Yndongah - significa pau de Paulo, Paulito ou Paulao ou significa apenas um Limihka graaande! Emidio Gune

Júlio Mutisse disse...

Epa Emídio, nunca se sabe, depois a pessoa do sexo feminino mais próxima era tão discreta...

Boas perguntas Gune...

X!mb!t@nE disse...

Mutisse, tamanho pode ser documento falso, sim senhor, mas compensa em muito quando apenas a natureza e o instinto se fazem valer no lugar da performance que tanto se apregoa por ca!

X!mb!t@nE disse...

Volte, Amosse, volte logo, antes que a coisa arrefeca por ca

X!mb!t@nE disse...

Nao eh, Matsinhe? Preocupa a todos, nao eh? Ainda bem que as coisas mudam com o tempo, se eh que mudam para o lado positivo. Pelos menos as mulheres com esse tal de tempo tornam-se mais exigentes, resta saber se colaboram... Eh injusto deitar todas as culpas as anacondas, giboias e/ou minhocas!!!

X!mb!t@nE disse...

Boas questoes, Gune! Essa profundidade da dita cuja e mais alguns centimetros, ajusta-se a medida do Paulo. Convido-o a fazer um search sobre o "micro penis", para conhecer a dimensao do Paulito.

Agora o Paulao, creio que o "ao" ja tudo diz! Mas eh qualquer coisa como um sujeito acima dos 23 cm. E olhe que o post apenas se refere a um dos parametros: comprimento. Ainda ha o diametro, outro parametro de referencia que aqui nao foi levado em conta!!!

PS: O senhor tem muitas faltas de comparencia por estes lados.

X!mb!t@nE disse...

Podes relaxar, Mutisse! No memoravel dia 28/02 estavam fora de questao calculos dos "Paul's" dos ilustres bloggers presentes. Mas, verdade seja dita, quando se falou das peneiras, vontade de mandar alguns se levantarem nao faltou... Kakakakkaka

Anónimo disse...

Xim, quem apanhou falta de comparencia? Eu o meu Pau.. qualquer coisa? Emidio Gune

X!mb!t@nE disse...

Heheheehe, quiça, Gune?
Juro que não sabia que andavam separados, tu e o pau... (qual deles mesmo?), se soubesse, hmmm... Assim sendo, depreendo que é postiço, ja que se monta e desmonta. Sera? Tra-lo ca para um olhar avaliativo, se tens coragem!!!

Anónimo disse...

Tenho varios tamanhos e uso-os de acorco com as demandas de momento, ao gosto das 'passarinhas'. Recomenda um velho ditado para nao cutucar a onca com vara curta, e tu estas a cutuca-la com a mao... Xim, preciso de mais dicas sobre a avaliacao que as mulheres fazem para cacar um tipo, como essas de avaliacao discreta da zona da braguilha ou essa da analogia do polegar. Podes falar-me mais um pouco disso? Emidio Gune

SHIRANGANO disse...

O tamanho depende necessariamente do salao onde o instrumento frequenta. Muitas vezes, a mobilia não eh pequena, a sala eh que enorme.

Chacate Joaquim disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk............ Xim! por favor sabes que a verdade doi mas ainda traz a de cima! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk... estou a lagrimejar Hi ku kwikwila ((rir internamente) se não vam me achar maluco kkkkkkkkk.... mas tudo bem hehehe... eu acho que a pequeneza ou a grandeza são coisas proporcionais ao tamanho do utilizador como diz Shira. bjs

Anónimo disse...

Se houver uma relacao de amor e amizade, o que realmente conta é a 'habilidade do artista'. Ha quem diga que: 'onde ha lingua e dedo, nao ha mulher que meta medo'. Pessoalmente acho que' tamanho nunca foi documento'. Talvez o ideal fosse o Paulo, mas ha gostos para tudo. Cada um come do que gosta, nao achas? - embora pense que os homens verdadeiros sao mais do que um Paulito, Paulo ou Paulao. Um abraco, querida! Gloria de Matos

X!mb!t@nE disse...

Ao gosto das...? Poxa, isso so pod ser um poder, Gune. Se todos tivessem essa mutaçao consoante as necessidades, acredito que a questao Paulito, Paulo ou Paulao, nao teria sentido.

Quanto ao resto, cara, a maior parte das mulheres preocupam-se é com a profundidade do bolso cheio, dai ninguem se queixe dos paul's e nem sequer das performances!!!

X!mb!t@nE disse...

"O tamanho depende necessariamente do salao onde o instrumento frequenta. Muitas vezes, a mobilia não eh pequena, a sala eh que enorme."

Shir, confesse que essa afirmaçao é um refugio masculino! Que ideia mais absurda!!!

X!mb!t@nE disse...

Chacate, as verdades têm que ser ditas, doa a quem doer. Em breve, trago verdades que doerao ao ego feminino

X!mb!t@nE disse...

Mana Gloria, sempre tu e a tua imensa sabedoria. Concordo que o Paulo é o ideal e que ha gosto (e imposiçoes) para tudo. Os Paul's sao apenas detalhes, mas nao negligenciaveis!!!

JOSÉ disse...

Ximbi, o Shir, embora brincando, levanta uma questão interessante. Na verdade, as vaginas não são todas iguais, aliás, muitas mulheres, submetem-se a operações para as mesmas ficarem mais apertadas. Sendo assim, porque tanta obsessão com o tamanho do pénis quando ninguém fala das diferenças vaginais? Sei que há muitas opiniões, mas o tamanho é mesmo importante?
Uma médica muito conhecida em Moçambique e na África do Sul, uma vez disse-me abertamente: " o sexo está na cabeça ". Eu vou por aí, acredito que o verdadeiro orgão sexual não é o pénis ou a vagina, mas sim a mente.