domingo, 29 de março de 2009

Mulher, prazer, corpo erótico: O “Ponto G”




A natureza humana indica que existe em cada um de nós simultaneamente o corpo biológico e o corpo erótico. O biológico é este que todos podemos ver ( cabeça, tronco e membros), enquanto que o erótico é o corpo que se constrói a partir das relações que estabelecemos com as pessoas mais íntimas e próximas a nós. Aprendemos a amar e a ser amado, a tocar e a ser tocado. É o corpo e o prazer. O corpo e o desejo.

Este corpo, bem como os prazeres que propicia, variam de pessoa para pessoa, sendo que, em alguns casos na mulher, em particular, se admite que existem algumas conscidências na sua localização, mas já não se pode dizer o mesmo em relação ao prazer que esta sente.

Uma destas partes onde se podem encontrar as possíveis conscidências, acima referidas, é o “Ponto G”. O que será isto?Alguma vez já ouviu falar? Para aqueles cuja a resposta seja positiva não há problemas, mas para os outros cuja resposta é negativa espero que esta postagem ajude a desvendar este “mistério”.Para já vamos fazer um recuo no tempo.

A ideia da mulher ter prazer sexual foi durante muito tempo atrás posta de lado, sendo que o seu papel era reduzido reprodudução e/ ou a proporicionar prazer ao homem. Por assim dizer, ela funcionava como receptora passiva da actividade sexual masculina.

Com o passar do tempo, essa “teoria” foi perdendo terreno, sendo que actualmente já se fala e se defende mais abertamente o prazer sexual e o
orgasmo da mulher, enquanto parte integrante do gozo da sua sexualidade como direito sexual, reprodutivo e humano. A forma que se considera mais comum de orgasmo feminino é a clitoriana, que resulta dos estimulos ao clitoris .


Entretanto, em contraposição a teoria de que todos os orgasmos femininos implicam o clitóris, foi apresentado o seguinte resultado do estudo de Perry e Beverly no Congresso Nacional da Sociedade para o Estudo Científico do Sexo, em 1980, nos Estados Unidos:


"Existe um lugar dentro da vagina que é extremamente sensível à pressão intensa.Localiza-se na parede anterior da vagina, a cerca de cinco centímetros da entrada. Esse ponto denomina-se “Ponto G”, quando adequadamente estimulado leva muitas mulheres ao orgasmo".


"O “Ponto G” ou ponto de Gräfenberg é uma pequena área atrás do osso púbico perto do canal da uretra e acessível através da parede anterior da vagina. A denominação "ponto G" foi dada em homenagem ao ginecologista alemão Ernst Gräfenberg, o primeiro médico da atualidade a criar a hipótese da existência da tal área, em 1950".


Verdade ou não, existe ainda uma grande discussão na comunidade cientifica sobre a real existência do tal “ponto G” no entanto, há quem acredite que ele realmente exista, mas não está na vagina e sim na cabeça…

Bem agora gostava de perguntar aos meninos e as meninas o que acham? O “Ponto G” existe? Alguém já o encontrou? Se sim diga nos como encontrou, onde fica e se possível como teve a certeza que era ele.

Para quem ainda não encontou aí vai um brain teaser, porque não surpreender a sua vizinha de cama com a grande descoberta do “mapa da mina” ? Não se esqueçam, são apenas 5 cm p’ra dentro…
Boa sorte!

8 comentários:

Jonathan McCharty disse...

Eu acho q este "negocio" varia de pessoa pra pessoa! Em tempos tive uma namorada q, acariciar-lhe os seios durante o acto, causava-lhe um orgasmo logo a seguir. Estaria o "ponto G" nos mamilos ou seios?

SHIRANGANO disse...

Humm, amada irma Yndongah, que tarefa dificil a julgar que nem todos os homens tem dedo que tenha 5cm de comprimento, mas ok!

Enfim, vou fazer um trabalho exaustivo de investigação e prometo trazer o resultado da pesquisa e a respectiva conclusao em breve. Vou tomar em conta as hipoteses, a pergunta de partida lançada, e a metodologia eh segredo.
Um abraço minha irma

poesia disse...

Esta questão não é consensual, nem pacífica. Para os mais curiosos, aí vão uns links. Recentemente, um pesquisador francês retomou este tema. Não consegui localizar o link. Fica para uma próxima oportunidade.

ESTUDIOSO DO PONTO G EXPLICA POR QUE É TÃO DÍFÍCIL CRIAR UM VIAGRA PARA MULHERES
http://cienciaesaude.uol.com.br/ultnot/2008/06/17/ult4477u753.jhtm

TREINADORA DE ORGASMOS" DIZ QUE MULHER PODE TER QUATRO TIPOS DE PRAZER SEXUAL
http://www.abril.com.br/noticias/comportamento/treinadora-orgasmo-mulher-quatro-tipos-prazer-sexual-431249.shtml

VÍDEO PARA (SUPOSTA) LOCALIZAÇÃO DO PONTO G
http://www.youtube.com/watch?v=O4i3kdb3r3s

AFINAL, EXISTE OU NÃO O PONTO G? E A EJACULAÇÃO FEMININA?
http://mundoestranho.abril.com.br/saude/pergunta_286666.shtml

Depois de tudo isto, as dúvidas persistem? A alternativa é continuar a ler, praticar, praticar e, de novo, teorizar, à luz do principio
Prática-teoria-prática---até ao infinito (rsrsrsr)

Yndongah disse...

Ooops Jonathan, não sei se o ponto g da tua ex localiza-se nos mamilos ou nos seios, a verdade é que ela é uma mulher feliz pois ao menos sabe onde e como deve ser tocada para atingir o orgasmo, coisa que muuuuitas não sabem.


Força Shir,
Imagino que tal como tú muitos irão fazer esse exercício, o bom é que anunciaste aqui e espero que venhas mesmo nos dar os resultados. Use todas as ferramentas possíveis até um GPS se necessário,hehe.


Pois é Poesia,
O assunto é mesmo polémico, mesmo seguindo os links persistem as dúvidas.O ideal é como dizes “continuar a ler, praticar, praticar e, de novo, teorizar,” .

Um abraço a todos

Chacate Joaquim disse...

Yndongah vakithi!...

já viu me por a recapiturar todas as experiências para responder estas inquietações mas resposta, nada!

srsrsrsrs,a meu ver não é tão linear, defacto varia de pessoa para pessoa.

Shira, rsrsrsrs quem não tem 5cm do dedo seja o máximo ou o polegar é só me contactar ofereço pelo menos 2cm de borla para fazer face. Mas Yndongah, e nos anãos também situa-se na mesma profundidade? rsrsrsr vocês pa... Bjns

clic disse...

Vim agradecer e retribuir a visita e constato que aqui a coisa é levada muito a sério! :)

Quanto ao assunto em si, aconselho os senhores a não desistirem aos primeiros fracassos e as senhoras muito menos! :)

Bayano Valy disse...

hmmm.... o que importa é a busca constante pelo G spot. acho que a busca é que faz o jogo mais interessante.

Daniel Costa disse...

Não risco, em assunto tão delicado, mas existem vários pontos que podem, ser de estimúlos sexuais. Tudo mudará de individuo para individuo.
Aí residirá a questão, que uma vez descoberta, o prazer é estimulante!... Quase, de certo está encontrado o parceiro ideal.
Deu-se uma selecção natural.
Daniel